Como é a escada mais famosa do pop brasileiro, já subida por Anitta, Pabllo, Kevinho, Emicida e Xororó?

Perto dela, Anitta fez striptease e Pabllo brincou de espiã. Em seus degraus, Marjorie Estiano se multiplicou, Emicida rimou e Kevinho fez bico de fotógrafo para Simone & Simaria.

A mesma escada do Palácio dos Cedros, no bairro do Ipiranga, na Zona Sul de São Paulo, foi o cenário de vários clipes dos maiores nomes do funk, pop e sertanejo.

O espaço, onde já morou a família idealizadora do Hospital Sírio-Libanês, também recebe gravações de novelas, propagandas e filmes, além de festas em geral.

“Estamos aqui desde 2010. Estava destruído”, explica Pamela Denkena, dona e administradora do espaço. Ela foi uma das empresárias que comprou e comandou a restauração do lugar, formado por duas construções batizadas de Versalhes e Victor Hugo.

Os palácios foram construídos no final dos anos 20 pela família Jafet, pioneiros da industrialização paulistana. Segundo Denkena, o custo com as reformas foi de quase R$ 7 milhões.

“O objetivo eram os encontros. Antes que um presidente fosse a Brasília, normalmente ele passava para ver a família Jafet”, conta Luciano Marques, produtor audiovisual que trabalha nos palácios.

Mas por que será que a tal escada é tão escolhida? “É o conjunto da obra, né? A escada, ela tem requinte, ela tem muito luxo”, responde Marques.

Produtores de audiovisual conversam entre si, é claro, e acabam indicando o palácio como opção de cenário mais refinado.

Nos últimos meses, andaram por lá Gisele Bündchen, Tatá Werneck e Tony Ramos. Antes, foi a residência de Violeta Jafet até a década de 90. Ela morreu aos 108 anos, em 2016.