IML de Sergipe solicita a presença de familiares para a liberação de corpos

O Instituto Médico Legal (IML) aguarda o comparecimento de familiares para a liberação de corpos que já foram devidamente identificados e encontram-se na unidade. O Instituto divulga a lista de corpos dos quais a família ainda não se apresentou para a retirada e que o IML precisa que compareçam na unidade.

Na unidade, estão os corpos identificados de acordo com o protocolo de identificação do IML, que usa a papiloscopia, odontologia, antropologia forense e DNA. As ossadas de anos passados estão sendo estudadas na antropologia forense, serviço instalado recentemente, que faz a análise de ossadas para estimar idade, sexo, estatura, ancestralidade, estudo da identificação, da causa e do tempo de morte.

Os familiares que podem realizar a liberação do corpo são os parentes de 1º grau, como pai, mãe, irmão ou irmã, filho ou filha; e cônjuge, esposo ou esposa.

Na lista seguinte estão os nomes dos corpos identificados dos quais o IML solicita a presença de algum familiar até o próximo dia 24 de fevereiro.