Júri americano condena o traficante mexicano El Chapo

O júri que analisa as acusações contra o narcotraficante mexicano Joaquín “El Chapo” Guzmán em Nova York o declarou nesta terça-feira (12) culpado de de todas as 10 acusações que havia contra ele, o que deve levá-lo à prisão perpétua — a sentença será lida em 25 de junho.

As acusações pelas quais El Chapo foi condenado são as seguintes:

  • Engajamento em empreendimento criminoso contínuo
  • Conspiração internacional para produzir e distribuir cocaína, heroína, metanfetamina e maconha
  • Conspiração para importar cocaína
  • Conspiração para distribuir cocaína
  • Distribuição internacional de Cocaína (4 acusações diferentes)
  • Uso de armas de fogo
  • Conspiração para lavar dinheiro proveniente de narcóticos

Após o veredicto lido pelo juiz Brian Cogan, na corte federal do Brooklyn, o ex-chefe do cartel de Sinaloa, de 61 anos, cumprimentou sua jovem esposa Emma Coronel.

Coronel, de 29 anos, levantou o polegar da mão direita, cruzou as mãos no peito e beijou-o antes que os policiais retirassem El Chapo rapidamente da sala.