Amparados pela legislação, também em Sergipe, candidatos assumirão mandato

A desaprovação da prestação de contas não impede que candidatos assumam mandato.

Com contas rejeitadas pelo Tribunal Regional Eleitoral, assumirão mandato no dia 1º de fevereiro o senador eleito Rogério Carvalho (PT) e os deputados federais eleitos Bosco Costa (PR) e Fábio Henrique (PDT).

Também assume mandato o deputado estadual eleito Thalysson de Valmir de Francisquinho (PR).

O MPF fez sua parte.